"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Outras

Julho @ Loulé

Conheça a oferta cultural programada para o mês de julho, no concelho de Loulé.

Memórias do Oriente

1 Jul a31 Jul

Loulé


Exposição Permanente
Museu Municipal de Loulé
terça a sábado 10h00-16h30

Exposição Permanente
Pólo Museológico dos Frutos Secos
Terça a sexta-feira 9h30-13h30 e 14h30-17h30
Sábado: 9h30-16h00 

Exposição Permanente
Pólo Museológico da Água, Querença
Segunda a sexta-feira 9h00-13h00 e 14h00-17h00

Exposição Permanente
Pólo Museológico de Salir
Segunda a sexta-feira 9h00-13h00 e 14h00-17h00

Exposição
Ecos da Serra - 50 anos de memórias
Polo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte, Alte
Segunda a sexta-feira 9h00-17h00

Exposição
“Aleixo dreams”
Exposição de colagens digitais de Charlie Holt
Claustro do Convento do Espírito Santo
segunda a sexta-feira  09h00-18h00
sábado 10h00-16h30   

Exposição
"Os Expedicionários da Freguesia de Alte, Soldados Louletanos na Grande Guerra 1914-1918"
Polo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte, Alte
10 julho a 31 dezembro 2020
Segunda a sexta-feira 9h00-17h00

"Memórias do Oriente"
Exposição de fotografia de Roberto Santandreu
Galeria de Arte do Convento do Espírito Santo, Loulé
até 25 julho 2020
terça a sábado 10h00-16h30

“A exposição Memórias do Oriente integra fotografias dos estaleiros de Lai Chi Vun, na ilha de Coloane, em Macau. Inicialmente concebida como um tributo ao escritor uruguaio Juan Carlos Onetti (Prémio Cervantes, 1980) e à sua obra cimeira, O Estaleiro, esta exposição pode também ser considerada como uma ponte entre o Extremo Oriente, lugar de presença portuguesa, e a América Latina”.  Roberto Santandreu

“Todos nós nascemos originais e morremos cópia.”
Exposição de Miguel Cheta
CECAL – Centro de Experimentação e Criação Artística de Loulé
Até 29 agosto 2020
terça a sexta-feira 11h00-14h00 e 15h00-19h00
sábado  11h00-17h30

Lixo x Arte (between)
Exposição Coletiva de Ana Almeida, Ana Feu, Carlos Correia, Cerda Critzka, Fiona Issler, Filipe Paixão, Júlio Antão, Hermínio Pinto e Tó Quintas
Galeria de Arte da Praça do Mar, Quarteira
04 jul. a 19 set. 2020
terça a sábado 15h00-19h00 e 20h00-23h00

A modernidade trouxe uma capacidade de consumo e consequentemente de desperdício tremendo, mas o Ser Humano, irresponsavelmente, continuou a devolver o seu LIXO à Natureza como sempre o fez… deixando para trás uma esteira de materiais, em grande parte não orgânicos que ela não consegue reintegrar no seu ciclo vital com consequências de extrema perversidade.

Propuseram-se os artistas plásticos da between construir novos objetos com esses desperdícios e realizar uma exposição que mostre que, ao reutilizar alguns desses materiais, estão a dar nova vida, novo sentido, a algo que havia (aparentemente) chegado ao seu FIM.

 A Construção de obras, com um novo pensamento estético é um pretexto para sublinhar a Urgência do SER HUMANO em ter uma nova atitude, novos comportamentos conducentes à tão necessária Mudança.

Visitas
51,987,402
>