"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Festivais

Festival MUSCARIUM#6 regressa a Sintra!

O Festival de artes performativas em Sintra terá lugar entre 17 e 27 de setembro.

17 Set a27 Set

Sintra

[dança + música + teatro + cinema] 

Apesar de não ter nunca deixado de trabalhar e de, inclusivamente, ter estreado inúmeros espetáculos de diferentes formatos ao longo destes últimos 4 meses, o teatromosca prepara-se agora para reabrir o AMAS – Auditório Municipal António Silva, sala de espetáculos que programa desde 2018 na cidade de Agualva-Cacém, e para retomar a programação regular nesse espaço. A partir de outubro de 2020 e até junho de 2021, acolherá espetáculos de teatro dos Artistas Unidos, Baal17, Teatro Art’Imagem, Mariana Fonseca, Vinícius Piedade ou Ricardo Vaz Trindade, entre outros, para além de espetáculos de dança assinados pela companhia belga My Homeless Lover ou pela coreógrafa portuguesa Margarida Belo Costa, ciclos de cinema e muito mais.

Assinalando o arranque desses progrAMAS, a companhia sintrense volta a organizar o festival MUSCARIUM, um evento em que, entre 17 e 27 de setembro, se assumem as artes performativas (mas aqui também o Cinema) como celebração - quase como um carnaval fora de época -, voltando a juntar públicos e artistas no mesmo espaço. Apostando numa programação, maioritariamente, nacional, composta por um conjunto de espetáculos multidisciplinares apresentados em diferentes espaços do concelho de Sintra, esta sexta edição do MUSCARIUM marca também, simbolicamente, o lançamento de um conjunto de novos projetos do teatromosca, começando pela estreia de “ESTÚDIO: FLORES”, coprodução com o Centro Dramático Rural, de Madrid, em pleno festival, no dia 25 de setembro, às 21h, no AMAS. O espetáculonasce de uma proposta pensada propositadamente para estes tempos incertos que vivemos: criar também a partir de plataformas online um espetáculo transmédia, documental e com recurso a técnicas cinematográficas ou teatro de objetos, que possa tanto servir de homenagem ao emblemático e desaparecido Cinema Estúdio Flores – onde, atualmente, se situa o AMAS -, como permita uma viagem pela memória e pelas histórias dos seus criadores, o encenador espanhol Adolfo Simón, a atriz Carolina Figueiredo e o cenógrafo Pedro Silva. Um projeto onde a realidade se fundirá com a ficção, as recordações com o sonho e a documentação com o imaginário.

Mas não será essa a única estreia do teatromosca no decorrer do MUSCARIUM#6. No dia 27 de setembro, às 16h, a companhia apresentará em sala, pela primeira vez, o espetáculo para o público mais jovem “O MACACO DO RABO CORTADO. Um delicioso divertimento teatral que dá vida a um dos mais conhecidos contos tradicionais portugueses, através da manipulação de figuras recortadas em papel, com jogos de sombras e com filmagens, edição e projeção de vídeo em tempo real, recursos que prometem enfeitiçar tanto os mais pequenos, como os mais velhos, que poderão assistir à estreia deste espetáculo no auditório da Casa da Juventude da Tapada das Mercês, como através da internet – o espetáculo será emitido online, através da plataforma eletrónica Ticketline Live Stage.

Mas, evidentemente, para além de celebrar os projetos da companhia organizadora, o MUSCARIUM#6 pretende ainda promover em Sintra um espaço de encontro e partilha privilegiado entre artistas/companhias e públicos, tendo o especial cuidado de incluir em todas as edições, pelo menos um espetáculo de outra companhia teatral com sede no concelho de Sintra. Deste modo, na edição de 2020, o jovem Teatro Efémero, apresentará, no espaço do Teatroesfera, em Queluz, no dia 18 de setembro, às 21h, “LIE LIE LAND”, espetáculo que se inspira na obra "O Doido e a Morte", de Raúl Brandão, para o cruzar com referências políticas que marcam a atualidade; e a MUSGO Produção Cultural estreará o documentário assinado pelo realizado Ricardo Reis sobre o espetáculo que lhe empresta o nome,“ORTOV SAI DO ESCURO”, a partir do texto de Jaime Rocha, no dia 23 de setembro, às 21h, no AMAS.

Surma, Quorum Ballet, Trincheira Teatro, Visões Úteis, Teatro do Silêncio, Companhia Mascarenhas Martins são os artistas/coletivos que completam a programação de um festival que encontrará ainda palco nos deslumbrantes jardins do Palácio Nacional de Queluz, na Casa de Teatro de Sintra e na Casa da Cultura Lívio de Morais, em Mira Sintra.

O preço dos bilhetes para os diferentes espetáculos do MUSCARIUM#6 varia entre os 5€ e os 12€, sendo que existe um passe disponível por 50€, que dá acesso a todas as sessões. Os bilhetes vão estar disponíveis na Ticketline, Seetickets e na bilheteira do AMAS- Auditório Municipal António Silva, no Shopping Cacém.

 

Sobre o teatromosca:

O teatromosca é uma companhia de teatro fundada em Sintra, em 1999, que se tem afirmado como um dos mais dinâmicos coletivos teatrais nacionais e conta com várias internacionalizações, através de apresentações no estrangeiro e de parcerias com outras companhias e instituições. A par do trabalho de criação e produção de espetáculos, desde janeiro de 2018, a companhia passou a gerir e programar o AMAS - Auditório Municipal António Silva, na cidade de Agualva-Cacém, com o objetivo de o tornar relevante no espaço cultural nacional e internacional. Desde 2015, é também responsável pela organização do festival de artes performativas MUSCARIUM, iniciativa que une a dança, música e teatro, com o intuito de oferecer mais diversidade cultural ao público do concelho de Sintra. Atualmente, prepara a criação de “NED KELLY”, de Pedro Alves, Paulo Castro e Paulo Furtado/The Legendary Tigerman, que estreará em novembro de 2020, em coprodução com o São Luiz Teatro Municipal e a companhia australiana Stone/Castro.

 

CONTACTOS

Tel.| [351] 96 340 32 55

Email | geral@teatromosca.com

Site | www.teatromosca.com

 

>> Programação detalhada e completa

Visitas
56,344,085
>