"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Formação

Curso "Patrimónios Contestados"

Curso online de património histórico e património cultural, promovido pela Cátedra UNESCO em Diálogo Intercultural em Patrimónios de Influência Portuguesa (Universidade de Coimbra) em parceria com o jornal Público.
 

28 Abr a14 Jul

Online


É incontestável que é preciso pensar sobre este assunto

A partir de 28 de abril, conheça um universo de argumentos de contestação de património histórico e património cultural, designadamente em contextos de conflito étnico e processos de descolonização ainda em curso. Especialistas apresentam e discutem o tema no Mundo e nas culturas com influência portuguesa. Inscreva-se no curso e faça parte desta discussão.

Sobre o curso
Património é sinónimo de posse. Ambos resultam de convenções. Por maioria de razão, património cultural é também resultado de um pacto de reconhecimento coletivo de valores culturais num determinado bem. Qualquer alteração na leitura desses valores implica a renegociação desse reconhecimento, o que se complica quando tal processo decorre da entrada no coletivo de reconhecimento de novos grupos, pois conduz à atribuição de novos valores e, frequentemente, à contestação dos anteriores. Meio século depois das descolonizações políticas, assistimos a debates e disputas em torno da descolonização cultural. Esse facto gera processos de contestação sobre as formas de reconhecimento do valor cultural de uma miríade de bens, da sua propriedade e tutela, das aspirações envolvidas e das regras para a sua partilha. Com isso não está apenas em causa a natureza patrimonial dos bens, mas todo o sistema internacional do património cultural. É um dos debates políticos com maior potencial transformador da atualidade. Participe neste debate que conta com a colaboração de relevantes especialistas nacionais e internacionais.

PROGRAMA

28 de abril - excecionalmente das 15h00 às 17h00
Património cultural em conflito*
Dacia Viejo Rose

5 de maio
Ser ou não ser património: bandeirantes, bandeiras e outros
Lilia Moritz Schwarcz

12 de maio
O legado institucional dos programas da UNESCO na Etiópia*
Marie Huber

19 de maio
Memória e apagamento na Índia e em Israel*
Ariel Sophia Bardi

2 de junho
Quem se sente em casa no museu?*
Alice Procter

16 de junho
O "Mahatma" como ícone global celebrado e contestado*
Elizabeth Buettner

30 de junho
A identidade conflituosa do templo goês*
Amita Kanekar
A oclusão do património português entre os goeses*
Jason Keith Fernandes

14 de julho
Patrimónios contestados em Portugal
Bárbara Reis, Luís Raposo, Paulo Peixoto, José Eduardo Agualusa (a confirmar)

*aulas em inglês

Horário: Quartas das 18h às 20h, com exceção da 1.ª sessão que será das 15h às 17h.

Preço:
Assinantes PÚBLICO 139€
Público geral 179€

Consiga uma das vagas limitadas no curso "Patrimónios Contestados" e receba gratuitamente um exemplar do livro homónimo.

>> + info

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
69,376,133