"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

"Gyres"

A artista americana Ellie Ga expõe individualmente pela primeira vez em Portugal, na Galeria Zé dos Bois

16 Set a15 Nov

Galeria Zé dos Bois
R. da Barroca, 59 . 1200-049 Lisboa
INAUGURAÇÃO: 16 de Setembro às 18h
De 16 Setembro a 26 de Novembro
Segunda a sábado das 18h às 22h
Entrada: 3€

A artista americana Ellie Ga expõe individualmente pela primeira vez em Portugal, na Galeria Zé dos Bois, apresentado ‘Gyres’, uma exposição que parte de ‘Gyres 1-3’, instalação exibida na The Whitney Biennial of American Art em 2019, tendo depois passado, entre outros, pelo Syros International Film Festival, pelo FID Marseille, Le Plateau - FRAC Ile-de-France em 2020.

Em oceanografia, os giros (gyros, Grego: um círculo, um anel) são uma combinação de ventos e de correntes que produzem padrões orbitais no oceano. Alguns detritos costumam ficar presos nestes giros, e por vezes, são libertados pelo giro e dão à costa.

A instalação vídeo de Ellie Ga tece narrativas interconectadas com foco nos diversos objectos que chegam à costa. Definida pela cadência da própria voz de Ga, ela faz deslizar fotografias transparentes numa mesa de luz e, em seguida movimenta-as em direção a outras, criando um ritmo que ecoa o dos destroços levados para a costa pelas ondas e arrastados para longe.

Ouvimos histórias de um oceanógrafo que usa detritos que caíram de navios porta-contentores para mapear a circulação do giro do Oceano Pacífico. Semelhantemente, os destroços do tsunami de 2011 no Japão são usados para reconstruir as travessias transoceânicas feitas pelas espécies invasoras. Em 'Gyres', o espectador encontra histórias e objectos de migrações forçadas pelo Mar Egeu. Ouvimos falar de rituais de lançamentos de mensagens em garrafas e ofertas de sapatos de metal para apaziguar o Arcanjo Miguel nas mesmas ilhas gregas. De pessoas que acabam em praias distantes, apenas para que lhes digam que não pertencem ali. Objectos que acabam longe das suas origens, recolhidos e postos em exposição pelos respigadores de praia. Em 'Gyres', as narrações são construídas através de conversas e encontros casuais. Uma conversa encontra-se dentro de outra conversa. Os locais fluem de um para o outro.

Ellie Ga explora como os destroços podem falar sobre o que foi deixado para trás e o que reaparece continuamente.

Ellie Ga é uma artista nascida em Nova York e residente em Estocolmo, cujas investigações imersivas e abrangentes incluem a classificação de manchas nas calçadas das cidades até o mapeamento do quotidiano nas regiões geladas do Oceano Ártico. Em performances e vídeo-instalações, as narrativas trançadas de Ga entrelaçam uma extensa pesquisa com experiências em primeira mão que muitas vezes seguem pistas incertas e tomam rumos inesperados. Ellie Ga expôs internacionalmente no New Museum, The Kitchen e no Guggenheim Museum em Nova York, e no M-Museum, Leuven; Le Grand Café, Saint-Nazaire, entre muitos outros.

Uso obrigatório de máscara.

+ info: https://zedosbois.org/
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para o documentário "À SOLTA NA INTERNET"

Em parceria com a Zero em Comportamento, oferecemos 10 convites duplos para assistir ao chocante documentário de Barbora Chalupová & Vít Klusák, que lança uma luz sobre a questão da exploração online de crianças. Habilite-se e... boa sorte! 

Passatempo

Ganha convites para a antestreia do filme "UMA PAIXÃO SIMPLES"

Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites duplos para a antestreia do romance "Uma Paixão Simples" (Passion Simple) de Danielle Arbid baseado na obra de Annie Ernaux. As antestreias terão lugar no próximo dia 27 de outubro (quarta-feira), em Lisboa e Gaia. Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados!  

Visitas
61,985,352
>