"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Formação

Ikebana para celebrar o Ano Novo

Desafiamos a construir um arranjo ikebana com plantas e flores auspiciosas, para dar as boas-vindas ao novo ano e às suas divindades tutelares, os Toshigami.

18 Jan   |  14h00

Museu do Oriente
Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte), 1350-352 Lisboa


No Japão, o Ano Novo é a ocasião para dar as boas-vindas às divindades Toshigami a nossa casa. Segundo a crença tradicional, os espíritos dos antepassados tornam-se divindades do novo ano, zelando pela prosperidade dos seus descendentes.

Neste workshop, desafiamos a celebrar o Ano Novo com ikebana, uma prática que convida à contemplação, à paz interior e à intencionalidade. Vamos construir um arranjo ikebana com plantas e elementos naturais considerados auspiciosos e portadores de boa sorte, numa harmonia de formas e linhas, na senda das tradições japonesas de ano novo.

Ikebana é a arte japonesa de arranjo floral, também conhecido como o “caminho das flores”. Na sua origem, o ikebana era uma espécie de ritual de oferenda feito nos templos budistas do Japão durante o século VI. Evoluindo ao longo do tempo, conheceu um desenvolvimento significativo na época de Muromachi (século XV). Procurou-se nela o mesmo grau de requinte e elevado sentido estético de uma outra arte que surgiu na mesma altura, Cha no yu, a cerimónia do chá.

Em contraste com os arranjos florais nos países ocidentais, o arranjo floral japonês cria uma harmonia de construção entre linhas, ritmo e cor. A simplicidade é altamente valorizada, bem como a existência do vazio (espaço não preenchido).

A par da sua enorme popularidade no Japão, a arte do ikebana tem vindo a conquistar adeptos um pouco por todo o mundo. Acessível a praticantes de todas as idades, conta já com várias escolas a que correspondem diferentes estilos.

Em caso de desistência:

Haverá lugar ao reembolso do valor total da inscrição quando a desistência for comunicada até 8 dias úteis antes da atividade. Depois dessa data, o reembolso só poderá ser considerado se o lugar for preenchido ou em situações de doença, acidente, ou outros imponderáveis de força maior, devidamente comprovados.

Caso a atividade não se realize por falta de participantes, ou por outro motivo, o valor da inscrição será devolvido na sua totalidade.

Para mais informações contactar cursos.conferencias@foriente.pt

Yuko Kase

Na senda de uma tradição familiar que começou com a irmã, Yuko Kase, mestre da ikebana, fez a sua aprendizagem em Tóquio, com uma conceituada mestre da escola Sogetsu, desde a adolescência. A prática da ikebana é, para Yuko Kase, uma fonte de alegria e conforto, pela contemplação da beleza e pela expressão da criatividade através de materiais como flores e plantas.

Horas 14.00 às 16.00
Participantes Máx. 12

Nota
Os participantes devem trazer taça de vidro, cerâmica ou outro material, com altura: 5 cm; diâmetro: 26 cm, liso ao centro. Participantes que frequentaram o workshop Ikebana com kensan devem trazer o kensan.

Preço
€55 (inclui flores e kensan)
€35 (para quem tem o kensan)
Comprar

Entidade promotora
Fundação Oriente +
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
66,780,143