"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Concertos

O diário de um desaparecido, de Leoš Janácek

No âmbito das comemorações do centenário do escritor e encenador Jorge Listopad (1921-2017), o MPMP Património Musical Vivo convidou o jovem compositor Miguel Resende Bastos, galardoado com o Prémio Musa 2020, a adaptar o célebre ciclo de canções O Diário de um desaparecido de Leoš Janácek, que narra a história de amor entre um jovem aldeão morávio e uma jovem cigana.

28 Mai   |  21h30

Biblioteca Nacional de Portugal
Campo Grande, 83, 1749-081 Lisboa
Preço
Entrada livre

A partitura de Janácek é aqui entrecortada com textos de Listopad, que tinha pelo compositor checo, seu conterrâneo, uma enorme admiração.

Programa

Leoš Janácek e Miguel Resende Bastos, O diário de um desaparecido, estreia absoluta, encomenda MPMP no âmbito do Prémio Musa 2020

Miguel Loureiro, narração e direção cénica
Ricardo Campos, desenho de luz

Fabien Hyon, tenor
Ana Raquel Sousa, soprano
Beatriz Volante, soprano
Rita Filipe, contralto

Ensemble MPMP
Ana Catarina Costa, flauta
Miguel Polido, saxofone
Armando Martins, trompa
Salomé Pais Matos, harpa
Ângela Carneiro, violoncelo
Jan Wierzba, piano e direção musical


MPMP Património Musical Vivo é uma plataforma de descoberta de música e de músicos portugueses. A curiosidade, o prazer da surpresa e a vontade de desafiar passado e futuro, construindo diálogos inesperados entre repertórios antigos e novas sonoridades caracterizam o seu trabalho. Acreditando na necessidade de dinamizar, valorizar e fazer crescer o meio musical português, assumem-se como “o palco de muitas vozes” e a música é o seu guião. 

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
67,740,449