"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

"Da Construção de um Sentido de Lugar" de Conceição Abreu

Esta exposição marca o terceiro momento do nosso projeto no âmbito das Artes Visuais, o balão — produção, diálogo e participação.

17 Jan a 16 Mar 2024

Cossoul
Rua Nova da Piedade, n.º 66 1200-299 Lisboa

Em Da Construção de um Sentido de Lugar, a artista Conceição Abreu apresenta dois momentos indivisíveis do conjunto da sua obra: a série Passages, e a instalação De um Lado para o Outro. Estes dois momentos representam mais um andamento na sua exploração poética e plástica sobre a relação do sujeito com o meio, a natureza, a paisagem e o trajeto, numa prática transdisciplinar que aqui se concretiza da fotografia ao têxtil.

Tomando o lugar como um ponto de significação para além do geográfico e do temporal, para se afirmar como morada da experiência e da vivência, a artista procede a um conjunto de tessituras, por meio da sistematização e repetição de gestos e de movimentos, que muito devem aos processos têxteis.

Inauguração: 17 de janeiro de 2024 / 18h - 21h
Conversa: 17 de janeiro de 2024 / 19h / com Conceição Abreu e Orenzio Giuseppe
Horário da Exposição: Terça-feira a sábado, das 15h30 às 19h
Site: www.guilhermecossoul.pt

Sobre a Artista: Conceição Abreu (Sintra, 1961). É artista plástica e investigadora. Vive e trabalha em Lisboa. A sua formação conta com Doutoramento em Arte e Design pela FBAUP (2018, Porto); Mestrado em Arte Multimédia – Fotografia, pela FBAUL (2012, Lisboa); é Licenciada com Bacharelato em Dança pela Escola Superior de Dança de Lisboa (1989). Em 2000, concretizou o Projeto Individual em Pintura da Escola Ar. Co em Lisboa, e em 1998 os Estudos Completos de Pintura na mesma instituição. O seu trabalho desenvolve-se em torno de linhas específicas à sua investigação, de que são exemplo o desenho e o têxtil, nos quais encontramos uma exploração sensível sobre os tecidos inter-relacionais humanos, bem como o seu cruzamento com o mundo.
Instagram: @conceicaoabreu_artist
Website: www.conceicaoabreu.com

Sobre o Convidado: Orenzio Santi (Lisboa, 1957). É artista e professor na área do têxtil. Filho de pais italianos, ambos artistas e restauradores de obras de arte. A sua atividade profissional este desde cedo ligada à construção e recuperação de teares tradicionais portugueses, bem como à tecelagem manual, âmbito no qual desenvolveu a sua obra, participando em várias exposições coletivas (desde 1975). De 1979 a 1988, foi professor de oficinas e de desenho têxtil na Escola Artística António Arroio, na qual em colaboração com o sector de equipamento, constrói teares para as oficinas têxteis da escola. Foi o fundador da PORTEAR — Oficina de Equipamento Têxtil Manual, desenvolvendo projetos de construção de teares e tecelagem, rodas de fiar e acessórios têxteis, contribuindo para o desenvolvimento da arte têxtil em Portugal. Ainda no âmbito da tecelagem foi convidado para desenvolver diversas formações em cursos cofinanciados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional. Em 2009 regressa à Escola Artística António Arroio onde é professor da tecnologia têxtil no Curso de Produção Artística.

Sobre o “balão — produção, diálogo e participação": Projecto no âmbito das artes visuais da Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul. Tendo como conceitos estruturadores a "produção" o "diálogo" e a "participação", este projeto compreende exposições individuais dentro da tipologia do site-specific, conversas e workshops dedicados a cada um dos artistas selecionados. Para além da divulgação de práticas artísticas contemporâneas, “balão” tem por objectivo a geração de uma relação íntima entre o trabalho dos artistas e o espaço da Cossoul, bem como a promoção de uma experiência envolvente para os espectadores, incentivando-os a? interação com a obra de arte. 

Sobre a Cossoul: A Cossoul (Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul) é uma instituição privada de utilidade pública, fundada a 7 de setembro de 1885 por 47 amadores de música e admiradores de Guilherme Cossoul, compositor e violoncelista português do século XIX e fundador dos bombeiros voluntários em Lisboa. Cedo alargou a sua atividade a outras áreas de intervenção social e artística, tendo tido um papel impulsionador no moderno teatro português.
O raio de ação da Cossoul abrange atualmente o teatro, a literatura, as artes visuais, a música e, de uma forma geral, a formação e a integração através das artes. Conta também com uma chancela editorial, a Artefacto, uma livraria, um espaço de exposições e um bar. Em 2015, foi criado o Colectivo Prisma, uma estrutura autónoma, mas residente na Cossoul, dedicada a estabelecer pontes entre a literatura, o teatro e o cinema. Em 2016, começou a ser implementado o projeto musical Banda Juvenil Guilherme Cossoul. Deste modo, a Cossoul tem assumido, por um lado, uma vertente pedagógica e de formação, através da promoção de cursos de iniciação e aperfeiçoamento profissional, e, por outro, a organização de ciclos temáticos, o acolhimento de projetos e a programação de eventos culturais, de que é exemplo o Reverso – Encontro de Autores, Artistas e Editores Independentes, que teve em 2019 a sua quinta edição.

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "A ARCA DE NOÉ - A AVENTURA"

Em parceria com a Films4You, oferecemos Convites Família (3 bilhetes por convite) para a antestreia do filme de animação "A Arca de Noé - A Aventura". Uma abordagem divertida a uma das histórias mais icónicas e conhecidas de sempre, com humor e personagens adoráveis à mistura! 

Visitas
91,086,190