"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Aquilino Ribeiro

No dia 27 de maio de 1963 faleceu Aquilino Ribeiro, escritor considerado por alguns como um dos romancistas mais fecundos da primeira metade do século XX.

Sernancelhe (Carregal), 13 de setembro de 1885 - Lisboa, 27 de maio de 1963

Publicou em vida 69 livros distribuídos por áreas tão diversas como a ficção, jornalismo, crónica, memórias, ensaio, estudos de etnologia e história, biografias, crítica literária, teatro, literatura infantil, polémicas a que nunca se furtava e traduções (às vezes muito livremente recriadas) do latim, grego, espanhol (o D. Quixote, por exemplo), francês e italiano.


     

 


 

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
51,059,976
>