"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Carlos de Oliveira

A 1 de julho de 1981, morreu o escritor português Carlos Alberto Serra de Oliveira.

(Belém, 10 de agosto de 1921 - Lisboa, 1 de julho de 1981)

É considerado como um dos grandes responsáveis pelo movimento neo-realista em Portugal. Distinguiu-se como colaborador das revistas Altitude, Seara Nova e Vértice, tendo sido diretor desta última. Atingiu reconhecimento público na área da poesia e da ficção, tendo-se estreado com Turismo (1942), uma coletânea de poemas, e com o romance Casa na Duna (1943). A sua obra é fortemente marcada pelo ambiente da infância, nomeadamente o contacto com o mundo rural de Gândara, cuja pobreza influenciou a sua ligação ao neo-realismo. Sem abandonar a sua ligação à realidade e ao contexto temporal, a obra de Carlos de Oliveira caracteriza-se por uma escrita depurada e intensamente poética.
Recebeu o Prémio Bordalo (1971) na categoria de "Literatura" e o Prémio Cidade de Lisboa (1978).
Em 1990 foi agraciado, a título póstumo, com o grau de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, a 10 de junho.


Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "NO WAY UP - SEM SAÍDA"

Em parceria com a Films4You, oferecemos convites duplos para a antestreia de um inquietante thriller, NO WAY UP - SEM SAÍDA, sobre luta pela sobrevivência depois da queda de um avião no Oceano Pacífico. Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Visitas
88,604,102