"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Mário Eloy

No dia 5 de setembro de 1951 faleceu Mário Eloy, um dos artistas portugueses mais marcantes do século XX.

Algés, 15 de março de 1900 - Lisboa, 5 de setembro de 1951

A importância da sua obra, a par com a de Amadeo de Sousa-Cardozo, no contexto do modernismo português é plena. Atestam-no a representação da sua obra em coleções como a do Museu do Chiado, Centro de Arte Moderno da Fundação Calouste Gulbenkian ou na Fundação da Casa de Serralves, a par das mais prestigiadas coleções particulares.



Menino e varina, 1928


Bailarico no bairro, c. 1936


O poeta e o anjo, c. 1938

 
Agenda
Cinema e Vídeo

Essencial Fellini

Cinema da Villa, Espaço Nimas & Cinema Trindade 6 Ago a17 Set

Ver mais eventos
Visitas
52,901,056
>