"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Adolfo Casais Monteiro

Porto (Portugal), 4 de julho de 1908 - São Paulo (Brasil), 23 de julho de 1972

Foi um poeta, tradutor, crítico e novelista português.
Proibido pela censura, o nome de Casais Monteiro foi apagado de Portugal. Durante décadas não pode publicar um livro ou assinar uma crítica literária. Forçado ao exílio pelo regime salazarista, continuou sempre a escrever a partir do Brasil.

Visitas
50,942,119
>