"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Amadeo de Souza-Cardoso

A 25 de outubro de 1918, faleceu o pintor Amadeo de Souza-Cardoso.

Manhufe (Amarante), 14 de novembro de 1887 - Espinho, 25 de outubro de 1918
Amadeo de Souza-Cardoso pertencente à primeira geração de pintores modernistas portugueses e destaca-se entre todos eles pela qualidade excecional da sua obra e pelo diálogo que estabeleceu com as vanguardas históricas do início do século XX.
A sua pintura articula-se de modo aberto com movimentos como o cubismo o futurismo ou o expressionismo, atingindo um nível em tudo equiparável à produção de topo da arte internacional sua contemporânea.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
61,486,607
>