"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Inauguração do edifício da Ópera de Paris

A 5 de janeiro de 1875 foi inaugurado o edifício da Ópera de Paris

O Palais Garnier, também conhecido como Opéra Garnier, Ópera de Paris ou simplesmente a “Opéra“, foi inaugurada no dia 5 de janeiro de 1875 e é uma verdadeira obra-prima da arquitetura do século XIX. Muito provavelmente, é a Ópera mais famosa do mundo.
O edifício era inicialmente conhecido como Salle des Capucines, uma vez que estava localizado no Boulevard des Capucines. No entanto, rapidamente ganhou o nome do seu arquiteto, Charles Garnier.
Foi Napoleão III quem quis construída a Avenida da Ópera, até ao Jardim das Tulherias, em cujo Palácio residia. Para o efeito, foi necessário expropriar e demolir um bairro inteiro. O famoso teto da sala de espetáculos foi desenhado por Chagall em 1964 (este trabalho está aplicado numa superfície removível sobre o original de Jules Eugène Lenepveu), e é uma das mais belas características do espaço.
No Auditório há também o candelabro de Garnier, com 7 toneladas e que, num incidente fatal em 1896, caiu e matou uma pessoa que assistia ao espetáculo. Este evento inspirou uma cena famosa numa das obras góticas mais célebres do mundo - o romance “O Fantasma da Ópera” de Gaston Leroux, desde então adaptado ao ballet, teatro, ópera e cinema.







 
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
54,517,929
>