"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Nascimento de Mário de Sá-Carneiro

A 19 de maio de 1890 nasceu Mário de Sá-Carneiro, poeta de primeiro plano da literatura portuguesa do século XX

Lisboa, 19 de maio de 1890 - Paris, 26 de abril de 1916

Entre os anos de 1912 e 1916, Mário de Sá Carneiro compôs a maior parte de sua obra literária. Embora tenha vivido pouco, deixou uma inestimável contribuição para a literatura portuguesa.
A personalidade sensível, o humor instável, o narcisismo e o sentimento de abandono culminaram em uma linguagem irônica e autossarcástica, principais características de sua poética.
Nas correspondências trocadas com o amigo Fernando Pessoa, por várias vezes ameaçou cometer suicídio e, no dia 26 de abril de 1916, Mário de Sá-Carneiro, hospedado em um hotel na cidade francesa de Nice, cumpriu a promessa ao consumir vários frascos de estricnina, sucumbindo às crises sentimentais e financeiras que marcaram os últimos anos de sua conturbada vida.
Disse Fernando Pessoa: "...O Sá-Carneiro não teve biografia: teve génio. O que disse foi o que viveu."

Agenda
Teatro e Dança

Ricardo III

Teatro da Trindade INATEL 14 Abr a21 Jun

Ver mais eventos
Visitas
48,856,133
>