"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Alban Berg

A 24 de dezembro de 1935, faleceu o compositor austríaco Alban Berg.

(Viena, 9 de fevereiro de 1885 — Viena, 24 de dezembro de 1935)

Autodidata musical até ser aluno de Arnold Schoenberg (entre 1904 e 1911), acaba por interessar-se por composição e pelo dodecafonismo. Juntamente com o seu mestre Schoenberg e o seu amigo Anton Webern pertence à chamada Segunda Escola de Viena (sendo a primeira o trio formado por Haydn, Mozart e Beethoven).

A mais conhecida peça de Berg é o Concerto para Violino, na qual, tal como na maior parte do seu trabalho, emprega a técnica dos doze tons, que combina a atonalidade com as passagens harmónicas tradicionais da música europeia.

Berg fazia parte da elite cultural de Viena durante o início do século XX. No seu círculo de amigos encontram-se os músicos Alexander von Zemlinsky e Franz Schreker, o pintor Gustav Klimt, o escritor e sátiro Karl Kraus, o arquiteto Adolf Loos, e o poeta Peter Altenberg. A estreia em 1924 de Wozzeck, ópera composta a partir da peça Woyzeck de Georg Büchner, é um enorme sucesso em Viena.

Faleceu provavelmente devido a picada de inseto e consequente envenenamento sanguíneo, aos 50 anos.

Visitas
50,941,970
>