"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de David Mourão-Ferreira

No dia 16 de junho de 1996 morreu o escritor e poeta português David Mourão-Ferreira.

(Lisboa, 24 de fevereiro de 1927 - Lisboa, 16 de junho de 1996)

Considerado um dos maiores poetas contemporâneos portugueses do século XX, ganhou notoriedade junto do grande público com os poemas de sua autoria cantados por Amália Rodrigues, como SombraMaria LisboaAnda o Sol na Minha Rua Nome de RuaFado Peniche e especialmente Barco Negro, entre outros.
Depois do 25 de Abril de 1974, seria diretor do jornal A Capital e diretor-adjunto d'O Dia.
No governo, desempenhou o cargo de Secretário de Estado da Cultura (de 1976 a janeiro de 1978, e em 1979). Foi por ele assinado, em 1977, o despacho que criou a Companhia Nacional de Bailado.
Foi autor de alguns programas de televisão entre os quais destacamos "Imagens da Poesia Europeia", para a RTP.
A 13 de julho de 1981 foi condecorado com o grau de Grande-Oficial da Antiga, Nobilíssima e Esclarecida Ordem Militar de Santiago da Espada, do Mérito Científico, Literário e Artístico. A 3 de junho de 1996, foi elevado a Grã-Cruz da mesma Ordem. No mesmo ano, recebeu o Prémio Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores.
Em 2005 a Câmara Municipal de Lisboa homenageou-o dando o seu nome a uma avenida no Alto do Lumiar.

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para a antestreia do filme "ÉPOCA DE CAÇA"

Em parceria com a Films4You, oferecemos convites duplos para a antestreia da hilariante comédia francesa, "ÉPOCA DE CAÇA", sobre um casal que se muda para o campo e descobre que os vizinhos usam o jardim como campo de caça, desencadeando uma guerra entre vizinhos!

Visitas
93,134,359