"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

A condenação de Galileu

A 22 de junho de 1633 deu-se a condenação de Galileu Galilei, considerado o "pai da ciência moderna" e defensor do método empírico.

Em 1633, Galileu Galilei (1564-1642) foi condenado pelo Tribunal do Santo Ofício pela publicação do livro “Diálogos sobre os Dois Máximos Sistemas do Mundo” que defendia a teoria heliocêntrica. A pena consiste em: abjuração, proibição do livro, residência fixa e penitências religiosas.
A humilhante condenação de Galileu foi uma tentativa desesperada da Igreja para salvar o sistema cosmológico geocêntrico, peça-chave da escolástica, a grande síntese da filosofia aristotélica (século IV a.C.) e da doutrina cristã, que dominou o pensamento europeu durante a Baixa Idade Média (séculos XI a XIV).

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
54,644,857
>