"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de João Cutileiro

A 5 de janeiro de 2021 faleceu João Cutileiro, um dos maiores escultores contemporâneos portugueses.

(Lisboa, 26 de junho de 1937 – Lisboa, 5 de janeiro de 2021)

Entre 1955-59 frequenta a Slade School of Art em Londres onde foi aluno de Reg Butler e Henry Moore era um dos artistas convidados. Ambos virão a exercer sobre João Cutileiro influências marcantes.

Em 1970 regressa a Portugal, inicialmente para Lagos antes de se mudar, em 1985 para Évora onde ainda vive e trabalha. Desde 1966 apenas utiliza mármore português de todas as tonalidades. A sua obra multifacetada reflete uma imaginação poética sempre em mutação. Os monumentos a figuras históricas revelam uma visão do herói surpreendido nos seus aspetos mais desconcertantes.

João Cutileiro foi condecorado como Oficial da Ordem de Sant"Iago da Espada, em 1983. Receberia ainda o doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Évora e da Universidade Nova de Lisboa e a medalha de Mérito Cultural, atribuída pelo Ministério da Cultura em 2018. Na sua casa-atelier de Évora estão mais de 900 obras que o artista doou ao Estado português.





Agenda
Ver mais eventos
Visitas
67,691,997