"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Rocha Peixoto

A 2 de maio de 1909, faleceu o arqueólogo e etnólogo Rocha Peixoto.

(Póvoa de Varzim, 18 de maio de 1866 - Matosinhos, 2 de maio de 1909)

No Porto frequentou a Academia Politécnica, onde se destacou como naturalista e organizador das secções de Mineralogia, Geologia e Paleontologia. Coo-fundador da Revista de Ciências Naturais e Sociais e da revista Portugália, publicação pioneira nas áreas de Etnografia, Antropologia e Arqueologia. Foi ainda secretário da Revista de Portugal, fundada por Eça de Queiroz.

Exerceu funções como professor na Escola Industrial do Infante D. Henrique, bibliotecário no Ateneu Comercial e desenvolveu um intenso trabalho como diretor da Biblioteca Pública e do Museu Municipal do Porto.

Homem de saber eclético, Rocha Peixoto foi uma das figuras mais marcantes da vida cultural portuguesa dos finais de oitocentos e início do século XX. A sua vasta obra como naturalista, etnógrafo, antropólogo e arqueólogo seduziu os seus contemporâneos e continua a influenciar os trabalhos científicos atuais.

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites duplos para a antestreia do filme "2 DUROS DE ROER"

Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites duplos para a antestreia do filme português, com Fernando Rocha e João Seabra, 2 DUROS DE ROER, dia 5 de julho em Lisboa e dia 6 no Porto. Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Passatempo

Ganhe convites para o concerto de Gurdjieff Ensemble

Em parceria com o Auditório de Espinho, oferecemos convites duplos para o concerto do FIME - Festival Internacional de Música de Espinho, que terá lugar no próximo sábado, dia 2 de julho'22, às 21h30. Participe e habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Visitas
67,815,143