"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Efemérides

Morte de Fernanda de Castro

No dia 19 de dezembro de 1994 faleceu a escritora Fernanda de Castro.

Lisboa, 8 de dezembro de 1900 - Lisboa, 19 de dezembro de 1994

Foi casada com António Ferro e juntamente com o marido e outros, fundadora da Sociedade de Escritores e Compositores Teatrais Portugueses, actualmente designada por Sociedade Portuguesa de Autores.

O escritor David Mourão-Ferreira, durante as comemorações dos cinquenta anos de actividade literária de Fernanda de Castro disse: "Ela foi a primeira, neste país de musas sorumbáticas e de poetas tristes, a demonstrar que o riso e a alegria também são formas de inspiração, que uma gargalhada pode estalar no tecido de um poema, que o Sol ao meio-dia, olhado de frente, não é um motivo menos nobre do que a Lua à meia-noite".
Como escritora, dedicou-se à tradução de peças de teatro, a escrever poesia, romances, ficção e teatro.











Visitas
50,942,276
>